1.png
SERVIÇO.png
Peneira de Tambor Rotativo
Peneira de Tambor Rotativo

press to zoom
Peneira de Tambor Rotativo
Peneira de Tambor Rotativo

press to zoom
1/1

VGTR – Peneira de Tambor Rotativo

Desenvolvida para complemento dos sistemas preliminares e de polimento de estações de tratamento de efluentes.

Seu funcionamento consiste na rotação do tambor de tela filtrante, sempre que ocorrer o aumento de nível devido ao acúmulo excessivo de resíduos na tela. Ao girar, o tambor deposita os resíduos em uma calha coletora para transporte e compactação através de uma rosca com eixo.

Seu conjunto de sprays e escovas fixas junto à periferia do tambor, providenciarão a limpeza do mesmo e sistema de lavagem na zona de compactação para remoção de matéria fecal entre outros materiais solúveis. A compactação permite uma importante redução de peso e volume dos resíduos filtrados (até 40% a depender das características dos resíduos).

As telas são fabricadas em aço inoxidável e podem ser de chapa perfurada ou perfil trapezoidal. As aberturas podem variar de 0,25 a 8,0 mm a depender do processo. Esta peneira possui algumas variações para atender as inúmeras aplicações em estações de tratamento de efluentes, podendo ser instaladas em canal de concreto ou em tanques de aço inox. As vazões de operaçõ variam de 108 m³/h a 7510 m³/h, a depender da abertura de passagem de sólidos.

UNIDADE COMBINADA - VUC

Desenvolvido para aplicação em Pré-tratamento de Efluentes ETE’s (Estações de Tratamento de Efluentes).

O equipamento tem capacidade de até 400 l/s e pode integrar 2 ou 3 funções nesta etapa do processo:

  • Versão 3 funções: VUC 3 – Inclui o peneiramento, desarenação e remoção de óleos e gorduras;

  • Versão 2 funções: VUC 2 – Pode incluir peneiramento + desarenação | ou | desarenação + remoção de óleos e gorduras.

​​

Todas as versões, dispõe de “bypass” provido de gradeamento manual para emergências ou manutenção.

As unidades combinadas são fornecidas em módulos, facilitando sua montagem e reduzindo o custo de obra civil e área de instalação para esta etapa do processo.

UNIDADE COMBINADA - VUC
UNIDADE COMBINADA - VUC

press to zoom
UNIDADE COMBINADA - VUC
UNIDADE COMBINADA - VUC

press to zoom
1/1
 
 

A FLUIPAC é a joint venture VIBROPAC com a Italiana FLUITECO. 
A união das empresas possibilitou uma linha de equipamentos 100% nacional, destinados ao Tratamento de Água e Efluentes, assinados por nós, a VIBROPAC. 

VCF – Peneira Rotativa de Tambor Fixo

Para filtração de águas residuais e transporte dos resíduos em um pacote prático e eficiente.

Seu funcionamento consiste em reter em sua tela os resíduos de maior tamanho. Com o aumento de nível, o sistema de limpeza será acionado. Este, equipado com bicos aspersores de água e escovas na extremindade da rosca transportadora, removem os sólidos e os transportam para a zona de descarte.

O sistema de compactação pode ou não ser incluído.  Sua utilização permite uma importante redução de peso e volume dos resíduos filtrados (até 50% a depender das características dos resíduos).

As telas são fabricadas em aço inoxidável e podem ser de chapa perfurada ou perfil trapezoidal. As aberturas podem variar de 0,25 a 8,0 mm a depender do processo.

Possui algumas variações para atender as inúmeras aplicações em estações de tratamento de efluentes, podendo ser instaladas em canal de concreto ou em tanques de aço inox.

As vazões de operação variam de 20 m³/h a 1000 m³/h, a depender da abertura de passagem de sólidos.

Peneira Rotativa de Tambor Fixo
Peneira Rotativa de Tambor Fixo

press to zoom
Peneira Rotativa de Tambor Fixo
Peneira Rotativa de Tambor Fixo

press to zoom
1/1
SEPARADOR DE AREIA TIPO VORTEX
SEPARADOR DE AREIA TIPO VORTEX

press to zoom
SEPARADOR DE AREIA TIPO VORTEX
SEPARADOR DE AREIA TIPO VORTEX

press to zoom
1/1

VVXGR – SEPARADOR DE AREIA TIPO VORTEX

O sistema de separação de areia do tipo Vortex é utilizado para remoção de areia de tanques de decantação. É instalado em tanques de concreto ou inox, os quais devem possuir o fundo cônico para facilitar a decantação da areia e posteriormente sua remoção.

Seu sistema de pás rotaciona dentro do tanque, gerando um vortex que força a decantação da areia, além de promover a lavagem das partículas, reduzindo a matéria orgânica.

A remoção de areia ocorre através do sistema de “Air Lift”, devido ao diferencial de pressão criado dentro do tubo central. Esta remoção poderá, também, ser realizada com o auxílio de uma bomba. A vazões de efluente para operação do sistema variam de 430 à 8300 m³/hora.

Pode operar, caso necessário, com sistema de remoção de óleos e graxas.

VCCS – Rosca Transportadora de Resíduos

Usualmente utilizadas em complemento às Grades / Peneiras Mecanizadas, para o transporte dos resíduos retidos neste processos. As roscas não utilizam de eixo para possibilitar o transporte de diversos tipos de materiais, inclusive os pegajosos. Podem ser fabricadas em aço inoxidável AISI 304 ou AISI 316 e em Aço especial Micro Alloy.

Dimensionados de acordo com a necessidade de cada processo, podem ser fabricados com múltiplas entradas e saídas, com comprimento máximo de 20 metros e grau de instalação de 0° a 30°

Possui algumas variantes, como operação em 90° – VCCS-V – Rosca Transportadora Vertical, inclusão do sistema de compactação – VCP – Rosca Transportadora e Compactadora, o que pode reduzir em até 50% o volume dos resíduos a depender das característica. Esta versão deverá trabalhar com angulação entre 5° e 35°.

Quando necessário maiores grau de compactação, aconselhamos a utilização do sistema VCPP – Prensa de Resíduos, o qual irá atua na drenagem e compactação dos resíduos atingindo eficiências acima de 60% em grau de compactação.

Rosca Transportadora de Resíduos
Rosca Transportadora de Resíduos

press to zoom
Rosca Transportadora de Resíduos
Rosca Transportadora de Resíduos

press to zoom
1/1
Gradeamento de Barras Paralelas
Gradeamento de Barras Paralelas

press to zoom
Gradeamento de Barras Paralelas
Gradeamento de Barras Paralelas

press to zoom
1/1

VSMC – Gradeamento de Barras Paralelas

Desenvolvido para remoção de sólidos grosseiros nas etapas preliminares e terciárias de estações de  tratamento de efluentes. Projetados para instalação em canal de concreto com angulação usual de 75°.

Possui barras equidistantes, as quais fazem a retenção dos sólidos de 60 a 6 mm, a depender do espaçamento adotado.  A limpeza é realizada automaticamente, de acordo com o aumento de nível e/ou por temporizador, com o auxílio de um rastelo que fará o transporte dos resíduos do fundo do canal até o descarte, posicionado no topo da grade. Este sistema não requer sistema auxiliar de lavagem com água.

Dimensionados de acordo com a necessidade de cada aplicação e podem ser fabricados em AISI 304 (L) e AISI 316 (L).

Possui uma variante para atender aberturas de passagem de sólidos menores e vazões extremas – VSMCH – Peneira de Tela Filtrante.

A tela filtrante é fabricada em tela de aço inox perfurada, com orifícios de 2 a 10 mm, a depender da necessidade da aplicação.

Para a limpeza da tela, utiliza-se escovas fabricadas com fios de Nylon, que percorrem toda a extensão da tela, transportando os resíduos do fundo até ao descarte.

 
 
 
 

VSSW – Grade Escalar

Desenvolvido para a remoção de sólidos mais finos, nas etapas preliminares e terciárias de estações de tratamento de efluentes. Projetados para instalação em canal de concreto com angulação de 45° a 55°.

São dimensionados de acordo com a necessidade de cada aplicação, podendo ser fabricados em AISI 304 (L) e AISI 316 (L), com abertura de passagem de sólidos de 3 a 6 mm.

Seu funcionamento consiste na retenção de sólidos, que formam uma espécie de filme de sólidos na superfície da grade. As placas paralelas, que possuem movimento relativo entre si se movimentam, passando o filme de detritos para o degrau acima, e assim sucessivamente, até atingir o ponto de descarga. As barras inclinadas apresentam um paralelismo perfeito para que possam obter uma tolerância necessária ao seu bom desempenho.

Grade Escalar
Grade Escalar

press to zoom
Grade Escalar
Grade Escalar

press to zoom
1/1
Tambor Rotativo (Filtração Externa)
Tambor Rotativo (Filtração Externa)

press to zoom
Tambor Rotativo (Filtração Externa)
Tambor Rotativo (Filtração Externa)

press to zoom
1/1

VEFD – Tambor Rotativo (Filtração Externa)

Utilizadas em processos de tratamento de efluentes industrias e sanitários.

Fabricados em aço inoxidável AISI 304 ou AISI 316, a depender da necessidade.

Trabalha com aberturas de 0,25 a 2,0 mm e vazões de 8 a 480 m³/h, a depender da malha selecionada, e são utilizados exclusivamente para remoção de sólidos suspensos.

Possui sistema de limpeza dos tambores filtrantes, para auxiliar na limpeza do mesmo.

VIFD – Tambor Rotativo (Filtração Interna)

Utilizadas em processos de tratamento de efluentes industrias e sanitários.

Fabricados em aço inoxidável AISI 304 ou AISI 316, a depender da necessidade.

As aberturas de passagem de sólidos são de 0,25 a 6 mm, e são utilizados para remoção de sólidos suspensos e sedimentáveis.

Possui sistema de limpeza dos tambores filtrantes para auxiliar na limpeza do mesmo.

Tambor Rotativo (Filtração Interna)
Tambor Rotativo (Filtração Interna)

press to zoom
Tambor Rotativo (Filtração Interna)
Tambor Rotativo (Filtração Interna)

press to zoom
1/1
Filtro Disco
Filtro Disco

press to zoom
Filtro Disco
Filtro Disco

press to zoom
1/1

VDFH – Filtro Disco

Desenvolvido para utilização nos processos terciários de tratamento de efluentes, em indústrias papeleiras, purificação de água de processo, recirculação de água em torre de resfriamento, dentre outras aplicações.

Utilizados para remoção de sólidos suspensos com concentrações baixas de matéria orgânica, opera com pressão atmosférica e de forma contínua, mesmo durante a limpeza.

O sistema de limpeza está incluso no pacote e utilizam de pressões mais elevadas para remoção dos sólidos retidos nas telas.

Trabalha com vazões mínima de 10 m³/hora e máxima de 500 m³/h a depender da abertura da malha, que pode varia de 10 a 250 micras.

É totalmente construído em aço inoxidável, inclusive a tela filtrante, podendo ser de AISI 304 e AISI 316.

 
 
 
 

VCDL – Classificador e Lavador de Areia

Para efluentes com altas concentrações de matéria orgânica, o ideal é a utilização dos Classificadores e Lavadores de Areia – VCDL.

Esta alternativa traz o acréscimo de um sistema de agitação, que irá constantemente manter o efluente em agitação, aumentando a eficiência de decantação, e permitindo o desprendimento da matéria orgânica das partículas de areia e as mantendo em suspensão.

Neste processo é possível atingir eficiências superiores a 97% de redução de orgânicos voláteis, remoção de mais de 95% para partículas ≥ 0,2 mm e 90% de desidratação da areia, a depender das características do efluente.

Este modelo atinge a uma capacidade máxima de 90m³/h.

Classificador e Lavador de Areia
Classificador e Lavador de Areia

press to zoom
Classificador e Lavador de Areia
Classificador e Lavador de Areia

press to zoom
1/1
Classificador de Areia
Classificador de Areia

press to zoom
Classificador de Areia
Classificador de Areia

press to zoom
1/1

VCDS – Classificador de Areia

Utilizados para separação de areia (materiais sedimentáveis) do efluente a ser tratado.

O equipamento consiste basicamente em um funil de decantação e parafuso para extração dos materiais sedimentados.

Para remoção da areia, o parafuso gira em baixa velocidade evitando turbulência e aumentando a eficiência de remoção, a qual atinge valores superiores a 80% para partículas ≥ 0,2 mm.

No transporte, a areia será desidratada, podendo atingir eficiência superior a 90%, além da redução de voláteis de aprox. 50% a depender das características do efluente.

Sua capacidade máxima é de 100 m³/hora.